O Twitter dos presidenciáveis (parte 1-2)

Não é possível afirmar ainda qual será a força do Twitter – e até mesmo da internet em si – nessas eleições. Só para ter uma ideia, o primeiro debate online que seria feito no Brasil (idealizado por quatro portais para reunir os três principais candidatos) só recebeu um ‘sim’ e acabou cancelado. Mas sete dos nove candidatos à Presidência da República possuem e atualizam constantemente seu perfil no Twitter e, mesmo que ele não vá garantir o resultado de ninguém, já é um canal inédito na política brasileira. Mas o que eles falam diariamente? Quantos são seus seguidores e seguidos? Dá para ter a certeza de que são eles mesmos? E por que é tão difícil acertar na escolha da foto de exibição?

Segue a primeira parte de uma análise breve sobre o perfil dos candidatos. No primeiro dia, apenas aqueles que estarão presentes no primeiro debate do ano transmitido pela televisão. Será uma luta épica por ibope, talvez o maior do ano até agora: o debate (na Band) contra Internacional x São Paulo pela semifinal da Libertadores (na Globo). Em quem você aposta?

——–

Dilma Rousseff, do PT

– Uma das três contas de presidenciáveis com o selo ‘Verified Account’, para proteger o candidato (e o eleitor) de perfis falsos (mas que não deixam de existir). Tem a conta desde que começou a campanha.
– Se apresenta em sua bio como “ex-ministra do Governo Lula”. Afirma ser conta pessoal. Segue pouco mais de 300 pessoas e conta com quase 140 mil seguidores. Já realizou 262 posts.
– Layout bonito, com logotipo da campanha e informações sobre outras redes sociais no papel de parede. A foto é carregada de Photoshop, mas finalmente mantida após algumas tentativas mal-sucedidas¹.
– Tem interação baixa com o público. Agradece algumas mensagens de apoio, o que configura uma grande melhora: antes se ocupava muito em twittar mensagens políticas e maçantes demais. Não se esquece dos internautas², claro. Pouquíssimos RTs.
– Faz comentários sobre como foi a agenda do dia. Já algumas postagens são únicas e de conteúdo extremamente deslocado, como futebol e poesia.

¹ Uma das fotos antigas da candidata no Twitter. Tenham medo.
² “Oi, internautas”

José Serra, do PSDB



– Também leva o selo de ‘Verified Account’.
– Tem a conta desde o governo em São Paulo e ficou notabilizado como um dos primeiros figurões da política a utilizar a ferramenta. Afirma que vira “a madrugada escrevendo e lendo” no site.
– Possui um layout padrão pobre, sem atrativos ou informações. Na bio, nenhum acréscimo: “Perfil de José Serra”. Segue pouco mais de 5 mil pessoal. Quase 325 mil recebem seus twitts. Quase 2.800 twittadas, recorde entre os candidatos. A foto é do candidato provavelmente em comício, com um bottom da bandeira do Brasil. Podia ser pior¹.
– Além de conteúdo político, faz alguns posts pessoais, arriscando até algumas risadas ‘rs’. Quando se empolga, enche a timeline de seus seguidores.
– Interação alta com eleitores, responde comentários de todos os temas e agradece o apoio. Dá alguns RTs.

¹ Serra fazendo pose. Que perigo.

Marina Silva, do PV



– A última ‘Verified Account’ dos candidatos.
– A bio é completa e bem utilizada. Segue 156 pessoas e é seguida por pouco mais de 119 mil. Possui pouco mais de 1.200 posts. A foto leva alguns toques digitais – além de contar com um fundo ecológico e a logo da campanha.
– O layout também é marcado pelo verde e é de boa qualidade. A foto da candidata se repete. Informações de outras redes sociais completam o papel de parede.
– Além de apresentar propostas e falar da agenda, é um espaço bastante opinativo e pessoal. Ela prefere não correr muitos riscos e tenta não radicalizar, mas faz algumas críticas ao governo atual. Falou bastante sobre futebol em época de Copa.
– Interação média com o público. Comenta com eleitores, não fica restrita aos agradecimentos. Faz bom uso de RTs. Poderia conquistar mais seguidores.

Plínio de Arruda Sampaio, do PSOL



– Sem o selo ‘Verified Account’, mas denomina-se de propriedade do candidato e assessoria em sua bio. Avisa quando os posts são da equipe (e não acho que temos motivos para duvidar). Segue 520 pessoas e é seguido por apenas 9 mil e pouco. Apesar do baixo número de adeptos até então, o perfil já postou pouco mais de 1.600 vezes.
– O layout é simples. Uma foto em preto-e-branco do candidato, triplicada por causa do tamanho reduzido. Já a foto de exibição, num fundo branco, exibe o candidato com um rosto ao mesmo tempo de sorriso simpático e assustador.
– Fala sobre a agenda do dia e realiza algumas críticas mais fortes e, claro, esquerdistas. A assessoria lista argumentos de debates que contam com a participação do candidato.
– É bem articulado e de bom conteúdo. Já experiente na política não-virtual, poderia também crescer muito mais em seguidores.
– Pouca relação direta com o eleitor. Faz agradecimentos ao apoio e ao comparecimento em comícios, mas para um público geral. Pouquíssimos RTs.

——–

Em resumo, alguns candidatos já estão se saindo bem na conexão direta com o (e)leitor de seu perfil. Falta perder um pouco o jeito de político, os longos discursos. Vamos ficar de olho em como vai ser a reação dos candidatos após o debate realizado hoje – e não tirar o olho mais até o fim do processo eleitoral. E não deixe de conferir amanhã o próximo post da série, agora com os candidatos restantes!

Tags: , , , , , ,

2 Respostas to “O Twitter dos presidenciáveis (parte 1-2)”

  1. Rafael Says:

    Sigo os três primeiros candidatos, mas não sigo o Plínio. Dois motivos e, me perdoem o jeito, mas acho ele muito irônico para alguém que quer ver a corrida à presidência como algo sério. (Onde existe seriedade na política mesmo?)

    Acho que a internet tem sim um poder de divulgação muito bom, mas fica só nisso. É muito livre e muito disseminador para ser uma forma prejudicial. Olhem a foto da Dilma e o fuá que foi… =P

  2. O Twitter dos presidenciáveis – Edição 2014 | Blog do Nirto Says:

    […] velhos!), resolvi fazer uma análise bem rasa e objetiva sobre os perfis no Twitter dos candidatos (Parte 1 e Parte 2). Não tá lá essas coisas, as imagens ficaram feias e muita gente ainda estava sem […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: