Dê uma chance ao rock argentino (parte 2-2)

Promessa cumprida! Sem me alongar e uma semana após o post sobre a história e as características do rock argentino seguem as indicações! Minúscula biografia e algumas músicas só para esquentar.

Attaque 77

Formada em 1987, a banda de Buenos Aires carrega um inconfundível estilo punk e hard rock. Recebeu influência forte de Ramones e não se envergonha em cantar alguns covers deles e outras bandas clássicas – além de algumas surpresas brasileiras, como Legião Urbana (“Perfeição”) e Roberto Carlos (“Amigo”). Recentemente virou um trio por ter sido desfalcada de Ciro Pertusi, que estava desde o começo das atividades e era praticamente o líder do grupo. Farão uma turnê pelo Brasil agora em novembro para promover o cd “Estallar”, de 2009, passando inclusive por Curitiba.

Recomendadas: “Amigo”, “No me arrepiento deste amor”, “Arrancacorazones”“Beatle” e “El cielo puede esperar”

Fito Páez

Um dos grandes compositores da América Latina. Não são muitos que merecem um título desses, mas o quase cinquentão Rodolfo Páez Ávalos já se acostumou com essa adoração. O músico de Rosario não durou em nenhuma banda, preferindo trabalhar sozinho. Além da unanimidade como grande guitarrista e pianista, é o detentor do recorde de vendas de um álbum no rock argentino com “El amor después del amor”, de 1992. Alterna entre músicas bastante românticas e um pop-rock mais animado. Sua voz já não é exatamente afinada como há vinte anos, mas carrega o mesmo entusiasmo. Fez shows no Brasil e recebeu um acalorado público em Porto Alegre (sinta a participação do público!) e Rio de Janeiro.

Recomendadas: “Mariposa Technicolor”, “A Rodar Mi Vida”, “11 y 6”, “El Diablo de Tu Corazón” e “El Cuarto de Al Lado”

La Renga

Outro grupo oitentista de Buenos Aires. Possui um ar mais independente, começando no cenário underground da capital com alguns covers. Quando começaram com produção própria, ninguém se arrependeu: o grupo emplacou canções verdadeiramente épicas e é uma das grandes atrações atualmente na Argentina. A potente voz de Gustavo “Chizzo” Nápoli é o grande destaque aqui – cada show da banda é um momento único, como é possível notar pelos dois discos ao vivo do grupo.

Recomendadas: “Balada Del Diablo Y La Muerte”, “La Razón Que Te Demora”, “Oscuro Diamante”, “Viva Pappo” “Lo Frágil De La Locura”

Soda Stereo


Mais um exemplo de Buenos Aires. Este trio é uma das bandas mais importantes da história do país – e, pessoalmente, minha favorita do gênero. Formada em 1982, serviu de grande influência para o rock brasileiro – de ouvido podemos notar algumas distorções e combinações usadas por Paralamas do Sucesso, Capital Inicial, etc. Não por coincidência, uma das músicas (a primeira da lista de indicações) foi gravada em português por ambas as bandas. Terminou em 1997 por desavenças entre os integrantes e voltou para uma turnê de despedida que foi sucesso absoluto [aliás, recomendo escutar todo o trabalho do Soda ao vivo, não em estúdio]. Mas a sorte da banda parou por aí: Gustavo Cerati (vocal, guitarra e espírito da banda) sofreu um AVC durante um show de sua carreira solo e segue internado há alguns meses.

Recomendadas: “De música ligera”, “Persiana Americana”, “Prófugos”, “En la ciudad de la fúria”, “Final Caja Negra”

Se tiver gostado do que ouviu até aqui, dê uma chance também para Enanitos Verdes, Bersuit Vergabarat, Callejeros e as demais bandas e artistas citadas ao longo do primeiro post da série.

A imagem que ilustra o topo do post pertence ao pôster de “Que Sea Rock” (2006), documentário sobre o cenário do rock na Argentina. Recomendadíssimo para quem deseja ir ainda mais além.

 

Tags: , , , , , ,

Uma resposta to “Dê uma chance ao rock argentino (parte 2-2)”

  1. Débora Says:

    Obaa, qualquer dia eu baixo pra dar uma renovada no meu repertório, após meses (ou anos?) ouvindo as mesmas músicas.. =D
    Beijos!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: