Livroreview #02 – “Dinamite – Uma tragédia em Curitiba”, de Anna Carolina Azevedo

Responda rápido, colega curitibano: você é capaz de citar um fato municipal ocorrido na década de 1970 que paralisou a cidade e mexeu com as emoções de toda a Curitiba? Caso tenha achado fácil, aí vai uma restrição: a neve não vale.

Pois em 2 de setembro de 1976, explodiu em Curitiba um caminhão carregado de dinamite na divisa dos bairros Ahu, Cabral e Juvevê, na Rua São Luiz. Fato amplamente divulgado na época, a tragédia hoje repousa na memória de quem já viveu o dia em que uma nuvem em forma de cogumelo, antes vista apenas em imagens de guerra pelos paranaenses, surgiu em pleno final de tarde na cidade.

Para contar a história de uma maneira que ultrapasse o gênero de notícia, a jornalista Anna Carolina Azevedo recria com destreza o fatídico dia em Dinamite – uma tragéia em Curitiba, desde seu início até as conclusões tiradas do acidente. Anna realizou a extensa pesquisa como produto final para conclusão de seu curso e teve a obra selecionada em 2010 para publicação pela Secretaria de Estado de Cultura do Paraná (SEEC/PR).

Numa linguagem que pessoalmente me lembrou dos tempos áureos do programa Linha Direta (e aqui isso não é algo ruim), a autora traça o cotidiano de diversos personagens que participaram diretamente ou não do ocorrido, passando para um suspense bem construído desde a rotina habitual de cada um até o momento da explosão, quando as vidas de vários desses personagens se cruzam. Além de informar com detalhes precisos, a emoção dá um tom literário que aumenta ainda mais a fluidez da leitura.

A única crítica que posso fazer é, na verdade, um lamento: a leitura deveria ser maior. Talvez mais algumas páginas pudessem ser dedicadas à contextualização da Curitiba da época – a autora cita em certo momento do livro (ou teria sido em uma entrevista?) que vários detalhes acabaram de fora da edição final. Será que algum dia teremos acesso a eles?

Sinto falta de obras leves e acessíveis sobre a história nem tão antiga do local onde vivo – e Dinamite cumpre bem seu papel em suas páginas iniciais, que abordam temas como a gestão do prefeito Saul Raiz e o crescimento de um transporte coletivo que ainda dava boas vindas à canaletas e expressos.

Sendo um grande fã de livros-reportagem, posso dizer que estamos bem servidos e temos uma boa representante em Curitiba no que se refere a contar uma história de maneira completa, porém prazerosa. A história da capital merece mais homenagens como Dinamite – uma tragédia em Curitiba. Só faltam assuntos – e jornalistas dispostos o bastante.

* Você pode falar diretamente com a autora através do twitter @anna_azevedo

Tags: , , ,

Uma resposta to “Livroreview #02 – “Dinamite – Uma tragédia em Curitiba”, de Anna Carolina Azevedo”

  1. Anna Carolina Azevedo Says:

    Nilton,

    ler um texto sobre o Dinamite bacana e bem estruturado como esse é uma imensa satisfação para mim.

    Obrigada pela crítica e parabéns pela redação.

    Sucesso na profissão!

    Abraços,
    Anna Carolina Azevedo.
    2010

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: